domingo, 29 de janeiro de 2017

Raio X


Alguém disse que eu, junto de outros bons, escrevemos sobre o amor. E é verdade. Então sempre haverá escritos sobre isso aqui, nos meus blogs e por onde eu passar. A quem eu falei que amava, com todas as letras, amamos com toda força. A quem disse estar apaixonado, foi verdade e nem sempre deu certo, mas nunca deixei de demonstrar e falar. A quem amo como amigos, acho que nem preciso falar. Nas conversas que tenho com uma Diaba, de carne e osso, que me atenta e dá conselhos sobre chutar baldes, que não sigo, mas deveria, vejo minha falta de mais, Foda-se, por escrito. Mas quando algo se repete, como disse para outra pessoa, paro e vejo qual lição não aprendi com aquilo. Tenho essa estranha mania de ver futuros, querer o melhor do outro e que, se um dia eu voar, ele esteja lá comigo. Mas devo cuidar mais do que há de verdade e não do que os outros acham que viram.


Joakim Antonio



Imagem: X-ray angel by Dogswithbeards

sábado, 28 de janeiro de 2017

Cola na minha



Sexta se foi
o fds apontou
sábado chegou

o whatsapp apita

as mina é top
o rolê é pop
um sujeito miô

e alguém nos shippa

os crush dela se agitam
alguns fake ficam de cara
as falsianes fofocam

a roda da vida gira

mudam as gírias
o mundo também
mas o querer humano

continua igual

Joaquim Antonio


Imagem: Party by Kuflik

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Rabiscos - Palavra expressa



Traços sem direção
dedo, caneta, pele, papel
palavras ao léu

Desenhos reconhecidos
sol, lua, homem, mulher
precisando de céu

Linhas sem destino
reta, bifurcada, paralela, curva
como uma luva

Vidas redesenhadas
fria, quente, seca, úmida
previsões burras

Obras inacabadas
aprendiz, adulto, mestre, criança
eterna dança

Escritas sem correção
intuitiva, sentida, expressa, livre
rabiscos de nossas vidas

Joakim Antonio


Publicado originalmente na coluna Palavra expressa, no site Retratos da Alma.


Imagens: Free Stock

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Quase um pesadelo - Locução



Era quase um pesadelo
o ar tinha algo do seu cheiro
e no filme da madrugada
a voz do bruto canalha
soava no mesmíssimo tom

Seus dedos desapareceram
e até seus fios de cabelo
traíam seus sentimentos
trazendo toques diferentes
de uma outra querida mão

Joakim Antonio

Imagem: Matusciac Alex 01 - Alafoto


sábado, 21 de janeiro de 2017

Cavaqueira



Esboços expostos
sem eira nem beira
com água no poço
reclamo d'areia

Olhares velados
acima do ombro
abaixo do espaço
reclamo do tombo

Cegueira aceita
abaixo da alma
acima da casa
reclamo da falta

Cavaco preciso
com tom natural
sem voz alterada
reclamo meu sal

Joakim Antonio


Imagem: The Cow Whisperer.... by Indiangal

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Ciências sensuais



Não tem diploma, nem como pegar cola. No intercurso poemas, no rosto toda prosa. Não há contas complicadas, dividir é natural. Não há conteúdo religioso, nela o sexo não é mau. Teorias são descartadas, experiências adquiridas. Ciências sensuais, tem ou não tem, é a vida.

Joakim Antonio

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Vento grafitado



grafite causal

superfície suja

ventania modal

faceta crua


vassouro d'ouro

ex-borrachada

espalhafato puro

cortina d'água


calma vigente

olhos abertos

caos aparente

poder eterno


carta branca

faxina soturna

dita métrica

poética burra


Joakim Antonio 


Imagem: Free Stock

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Tenha tempo


Depois que a luz dos olhos se apaga, não há tempo para mais nada. Por isso parece que o poeta vendeu a alma, em troca da liberdade, usada pra retirar poesia, do espaço-tempo que nem possui.

Tenha tempo!


Joakim Antonio


Imagem: Paul Delvaux, La Mise au tombeau III

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Noite chuvosa



Todos somem e a praça fica muda. Há um silêncio diferente, entre os espaços desocupados. Feito do brincar da alma com os pingos de chuva.


Joakim Antonio




Imagem: Praça Antonio Sampaio 16/01/2017 By JoaKim

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O que há no coração - Palavra expressa



E no cerne da questão

há um verme no coração

que se multiplica

invade o sangue

a vida

será teu companheiro

voraz guerreiro

ante derrotas 

vitórias

lutas 

angelicais e demoníacas

de sentimentos mil

num momento além

da visão

sorriso 

ativo em todo coração

nunca dorme

ditando batidas

ritmando

mundos

vive ciente do quero

que mora ao lado

da palavra

livre

proibida

pulsando e vibrando 

mãos e língua

exalando doce 

perfumada

forte

pedindo pronúncia

perto do ouvido

dos que sabem

já imaginam

desconfiam


Que o verme 

se chama 

Amor


Joakim Antonio





Publicado originalmente na coluna Palavra expressa, no site Retratos da Alma.



Imagens: Affectionate Heart by Inobras


domingo, 15 de janeiro de 2017

Precedente


Cores em mistura no sangue, das árvores, dos animais e dos elementais. O brilho no olhar denuncia a visão. Presente de vidas em si. A calma em meio ao caos, aponta direções. Não há como disfarçar os sentimentos, pois a alegria pulsante de viver, vibra na palavra e tem cheiro de aviso de pingo d'agua n'alma. Não há nem como dizer, não ter bebido do tempo e brincado nas areias escorrendo no próprio vidro. E sempre aceito o pedido da vida, por um conto sobre como é bom amar.

Estampa em meu rosto, direto dos ancestrais, mais histórias do que posso contar.


Joakim Antonio


Imagem: Menino Kaiapó by Renato Soares

sábado, 14 de janeiro de 2017

Escrita noturna


Há um poema com gosto de travo, guardado no travesseiro. Subindo nos sonhos, frisando os fios em desalinho que escorrem pelo rosto e causando um sorriso inconfesso, de desejos a acontecer.

Há um verso insone e gritante, de acordar noturno, em desejos. Descendo ao colo, arrepiando a pele macia que exala o cheiro do querer e trazendo imagens de toques, agora reais, mesmo que não sejam teus.

Há um declamar expresso, mas contido, de furor explosivo. Passando por todo corpo, subindo a garganta, como um sufoco querido, entre respiração forte, cabeça jogada e pernas com vida própria. Vibrando em uníssono um nome, somente teu.


Joakim Antonio


Imagem: Breaking News by ElifKarakoc

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Card - Anunciado


Aquele olho castanho e o cabelo preto. Aquela pele escura e a barba cerrada. Aquela voz rouca e a doce gargalhada. De onde realmente veio. Da mãe índia, do pai mourisco, da boa mistura dos brasileiros. Não interessa, a tempestade anunciou e ele veio.

Joakim Antonio


Card: CahOliveira2017

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Paz pra ti


Está em cada célula do seu corpo, passando dele pra outro, de modos que você nem imagina. Está em cada ideia sua, somando-se as dela e outras, ao infinito. Está em cada oração minha, somando-se a tua, além do que podemos ver. Está nessa escrita, quase crônica, um quê de poesia, sobre uma mãe, uma filha e um amigo, a chover...

Paz e força pro seu coração.

Joakim Antonio

(eu sei falar de amor, mas de tristeza sou amador)


Imagem: The rose by Nofearinlove

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Mundo hostil



Para uns, pressentimento

Para outros, pura sorte

Para os inimigos, lento

Para os antigos, a morte

Para ele, sobrevivência


Joakim Antonio




Imagem: Hostile Environment by Rardstar

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Sopro


Não é a bebida que lhe traz à tona, nem é a raiva que lhe dá coragem. Não é só corpo a tua delícia, nem teus desejos que te fazem diaba. Nos seus movimentos há um intenso querer, de poder ser e livre dançar.

Se no teu olhar, vejo malícia, no teu ouvido sopro despertar.

Joakim Antonio


Imagem: Spanish by Mehmeturgut


segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Pintura


Meus olhos quebrados, mas sempre atentos, veem detalhes que você não consegue enxergar. Alguns acha óbvios, pelo meu ofício, outros você juraria não estarem por lá. Dependendo do ângulo, também é quadro em branco, onde o que há são caminhos, onde ainda vou pintar.

Joakim Antonio 



Imagem: Lilith - Spiral of colors by Josemanchado

domingo, 8 de janeiro de 2017

Iniciado


Lhe dei meu toque
aceitei teu dote
iniciei em mim

Lhe abracei como filho
livrei teu destino
até o fim

Lhe dei nova história
meu homem agora
envolto em mim


Joakim Antonio 


Photo by Vadim Stein

sábado, 7 de janeiro de 2017

A tônica das minhas sílabas


A tônica das minhas sílabas, anda dançando em volta de um quero. Escondo em versos, mas o som da minha voz e meus olhos, num tom claro, me entregam. Pelo caminho de sempre, rigoroso inverno. Por um novo caminho, fogo intenso. Entre aqui e lá, labaredas atraindo-se, para uma dança ancestral. Ouço a chama do tempo e então, eu voo.

Imagem: Fire stock 2 by Randomftw

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Leva pedaços Deixa pedaços



Leva pedaços sem ver. Deixa pedaços sem saber.
Sente o toque no rosto, firmando na pele, arrepiando e querendo, nuca, pescoço e coração. Busca meu lábio, de palavra em palavra, ritmadas com a fome que te move. Toma o que é teu com fúria, como furacão. Desperta com fogo o oitavo sentido. Quebra a barreira do tempo e congela um momento. Daqueles com jeito de paixão de infância. Espalha por tudo teu cheiro. Na lembrança do sorriso, das flores, do marrom terra. Fazendo sentir, no canto do peito, algo mais.


Imagem: Bites of love blind by Josemanchado

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Eclode


Retorno a sós
me envolvo
na espera
da casca

Pressinto o nós
na quebra
do eu
em ti

Joakim Antonio


Imagem: Noko photography

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Sendo - Palavra Expressa



Eu não sou 
porque não quero

Quando quero
não fujo de nada

Estou onde o coração mandar

Vou, volto e retorno
com sorriso no rosto

A alma lavada e escancarada

Eu não saio
para não provar

Quando provo
preencho os nadas

Aprendo pulos para voar

Pró-vontades diárias
provo_quero o novo

Seja gosto ou desgosto

Porque
se deixar de Ser

Nesse instante eu morro


Joakim Antonio


Publicado originalmente na coluna Palavra expressa, no site Retratos da Alma.


Imagem: Learning To Fly by Metalstorm

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Concursos Literários do Mês de Janeiro de 2017




Concursos Literários do Mês de Janeiro de 2017 

Confira também a lista completa dos Concursos do Ano e a lista das Seleções Permanentes.

As datas nos tópicos referem-se ao prazo limite para realizar a inscrição.

Legenda:
$ - Prêmio em dinheiro
@ - Inscrição pela internet
# - Voltado a público restrito


Lista dos concursos em aberto - Janeiro



* Se ainda der tempo, confira os concursos do Final do Mês anterior.

* Confira também os Concursos do Ano, a lista das Seleções Permanentes e o site Falando de Trova.

Legenda:
$ - Prêmio em dinheiro          @ - Inscrição pela internet          # - Voltado a público restrito

As datas nos tópicos referem-se ao prazo limite para realizar a inscrição.


Janeiro


16.01.2017 - Prémio Literário Manuel de Boaventura - Esposende (Livros Publicados / Contos e Romances - $)




31.01.2017 - 13º Prêmio Barco a Vapor (#Brasil - Infantojuvenil - @)


segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Interregno



a alma
acalma

no 
olho 
do furacão

há calma
há alma

Joakim Antonio



Imagem: Pause by Aegis illustration

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...