sábado, 25 de fevereiro de 2017

Ponto de luz



A sombra da chuva chega
O sol apronta a pestana
A noite vaza no dia

Diante meninas atentas
Uma natural
lição

Há sempre um
ponto de luz

Joakim Antonio


Imagem: Lauzane Paulista, São Paulo  By JoaKim

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Noite limpa


Noite limpa / janelas ao léu
Olhos de gato / em seu habitat
Lua vazia / das horas cheias
Estrelas brilhantes / por um fio
Sóis em espera / de um novo céu

Joakim Antonio 


Imagem: Zona Norte, São Paulo by JoaKim

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Anjo perfeito



Um anjo perfeito, seja lá o que seja essa perfeição. Eu vejo mil defeitos, mas não entram na escolha das minhas predileções. O corpo, pra ela, está sempre imperfeito, justo onde não vejo esses defeitos. As atitudes são doces, nulas ou rudes, como tudo na criação. Mas também são fugidias, pois pensa automaticamente o que muitas dizem sem pensar. Não quero ver esse humano se apaixonar por mim. Mas lá no fundo ela sabe, que no poeta a paixão é frequente. Até numa "simples" ficada, dá o todo de si. Ama a vida por completo, com todos seu nuances, verdade e mentiras que contamos. Dizendo não, quando queremos dizer sim, Negando o fazer, do que sabemos que a torna, senhora do prazer.

Realmente ela é um anjo, com o fogo da criação pulsando no meio das pernas e depois, na palma da minha mão. Pois a grande mentira esconde o medo de se perder. Vai que o que ele lhe diz, em segredo, é tudo verdade mesmo.

Se a Diaba mente o Poeta é um fingidor.

Entenda isso a fundo e entenderá o amor.

Joakim Antonio

Imagem: In Bed With Devil by Zlty-dodo

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Bebê


Há dias que ela chega de mar revolto, mas sem alarde. Mudamos o jogo do dia e ela marca seus pontos, num trabalho bem feito e no tempo certo, depois conversa mais. Eu ofereço abraço apertado, ouvido atento e palavras pinçadas sobre os acontecimentos. A mulher forte como tudo, aceita colo e se desarma. Então como um bebê, que muitas vezes não pode ser, o mar se acalma e o mundo sorri de novo.

Joakim Antonio

Imagem: What If.. by Khomenko

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Voo Azul


Usei de penas coloridas para mandar uma borboleta. Azul como o oceano, brilhante como o céu, no mais vibrante tom. Carrega palavras desconexas, como se não houvessem continuação, pois a cada quero, teu movimento em silêncio me para, enquanto deixo a música do tocar de asas falar por mim. Mas não se assuste, se ao olhar no espelho, ver escorrer algo pela face. Não são lágrimas. E sim minha poesia, beijando teu rosto e querendo percorrer todo teu corpo nu.

Joakim Antonio


Imagem: Imaginary by misericordia

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Explicitando



Poema tem classificação 
Poesia não 

Poema é pedreiro explícito

"Minha Deusa, isso aí é tudo seu?"

Poesia é tu declamando 

"Não, é teu!" 

Joakim Antonio


Photo by josemanchado

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Mão


Em minha pele, o pó das eras. Nas correntes, em linhas, dos meus dedos, segredos expostos. Na minha mão, sempre uma pergunta. Esperando tua pele em resposta.

Joakim Antonio


Imagem: Minha mão - Instagram

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Eu comum




E eu te batizo comum.

Não terás nada de extraordinário e serás lembrando num pedaço de papel. Habitarás guardanapos, papel de pão e talvez até uma seda, que quando queimada, dirão que tu faz a cabeça.

Serás lido, pichado, esquecido e queimado nas ruas, aquecendo corpos já febris de ti e dando tua vida, aos que nos dias frios, um simples cobertor nunca aquecerá a alma.

Serás conversa de bar, misturado ao choro de perda da mulher amada, aos risos de comemoração do primeiro filho e ao vômito do bêbado, após os gritos de Toca Raul.

Eu te batizo poeta, habitando bancos de praça, igual a mim, o mais comum dos comuns.

Joakim Antonio


Imagem: "Morador de rua com as mãos sobre a cabeça da estátua de Carlos Drummond de Andrade. “O Pensador” da praia de Copacabana." Photo by Willer José, RJ, 2012

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Onde dói


Todo medo grita, fica. Sussurra, pare. Canta tristezas e espelha feiuras. Engana a mente, para lhe prender acordado. Todo medo mente e machuca, com medo de que você perceba que ele não tem força nenhuma e assim, sem dores, volte a sonhar em paz.

Joakim Antonio


Imagem: "Onde é que o teu medo dói?"
by DoloreZ CrocheZ https://dolorezeeu.wordpress.com/

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Convidado


Seu beijo era doce, com um toque de descoberta, um instante de água em pleno deserto. Seus lábios entreabertos, demonstravam sede de saber, querendo conhecer uma nova língua. Sua pele, mudava o tom, revelando desejos. Seu corpo me convidava, e sempre educado, aceitei o convite para entrar.

Joakim Antonio

Imagem: Big Lips by Roofus7

(há um detalhe nessa foto, que só entrando no link, clicando no nome da imagem, para perceber)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Eu rejeito



Eu rejeito teu toque
mão brutas
sem trazer
mais

Eu rejeito teu crivo
atacante perfeito
sobre nós
aleijados

Eu rejeito teu mapa
terreno sorrateiro
num ardil
mortal

Eu rejeito a mim
com pena
pois lê
a ti

Joakim Antonio


Imagem: Rejected by MartinStranka

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Espelhando-se

Veja o vídeo se imagine andando por aí, ou mesmo parado, e pense: qual a imagem que passamos, como os outros nos veem, quantas verdades diferentes há num mesmo local, dependendo de quem vê. Tudo depende da luz que há em você!

Espelho, assim no micro como no macro.

Joakim Antonio


"Vídeo mostra transformações no rosto de mulher apenas com movimentos de luz Nas imagens, a luz é tudo. Afinal, vídeos e fotografias são, basicamentes, luz refletida e capturada. O filmmaker Nacho Guzmann dirigiu um clipe que mostra exatamento o poder da iluminação. A técnica é simples: a modelo fica parada sendo filmada e uma luz gira em torno do seu rosto – já o resultado, é fantástico." 26 abr’13 Postado por Gustavo Di Lorenzo em Design, Fotografia http://comunicadores.info/2013/04/26/video-mostra-transformacoes-no-rosto-de-mulher-apenas-com-movimentos-de-luz/

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Abarcada


O homem inventou a palavra e abriu o entendimento, mas com o tempo e de tanto prendê-la, ela cerceou seus olhos. Se torna ou deixa de ser "tal coisa", conforme as regras do nosso lado do muro.
Aceita-se muito a palavra reta, o pênis ereto do ditador, mas nega-se veementemente a palavra curva, a mão sedutora da mulher, que toca o outro e ainda abarca o mundo.
Joakim Antonio


Imagem: 
Kaht 5 by Coga

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Palavra certa - Palavra Expressa


Às vezes uma palavra basta. Para acalmar as dores do mundo, atingir o eu, ser colo para os amigos, abraçar ao longe, silenciar a mente e abrir o coração. Um oi inesperado, ou um adeus esperado, trazendo de volta o sorriso nos olhos, dependendo da situação.

Outras vezes precisamos de mais palavras. Para começar a nos fazer entender, antes de colocar os pés pelas mãos e falar tudo no momento errado, inflamando em vez de acalmar, ao concordar com, ou até dizer tudo que os outros apregoam ser o normal.

Mas, muitas vezes, também, a palavra certa é muda. Para que sejamos verdadeira presença, falando através de um abraço, de um olhar, da mão estendida, sendo o colo que a palavra não consegue dar no momento. Pois, diversas vezes, o que nós precisamos é do silêncio que saiba ouvir.

Um oi a tudo que é bom, um adeus a tudo que nos faz mal.

Joakim Antonio


Publicado originalmente na coluna Palavra expressa, no site Retratos da Alma.


Imagem: Lets talk by Insp1ration

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Deixo um sorriso, faça um poema

Campanha. deixo um sorriso faça um poema. da poeta Margarida Di


deixo um sorriso
faça um  poema

Margarida Di

Do adulto a criança
encanta os olhos
pra lavar a alma
com ou sem janelinha
só riso nos salva 

Joakim Antonio

Imagem: By Margarida Di

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Frase Já curtiu? Não conhece, nunca viu? Então um aviso


A poesia chega desafiando tempo e espaço, trazendo num traço, sanidades possíveis.

Joakim Antonio

Já curtiu? Não conhece, nunca viu? Então um aviso: Só vá se não tiver medo De sorrir ao ler um texto E de repente. Se ver Retratado ali!

Clique e conheça a página:

Facebook - Poeta Joakim Antonio

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Concursos Literários do Mês de Fevereiro de 2017




Concursos Literários do Mês de Fevereiro de 2017 

Confira também a lista completa dos Concursos do Ano e a lista das Seleções Permanentes.

As datas nos tópicos referem-se ao prazo limite para realizar a inscrição.

Legenda:
$ - Prêmio em dinheiro
@ - Inscrição pela internet
# - Voltado a público restrito


Lista dos concursos em aberto - Fevereiro



* Se ainda der tempo, confira os concursos do Final do Mês anterior.

* Confira também os Concursos do Ano, a lista das Seleções Permanentes e o site Falando de Trova.

Legenda:
$ - Prêmio em dinheiro          @ - Inscrição pela internet          # - Voltado a público restrito

As datas nos tópicos referem-se ao prazo limite para realizar a inscrição.


Fevereiro


- 01.02.2017 - Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz (Romance - $)

- 10.02.2017 - 13º Prêmio Barco a Vapor (#Brasil - Infantojuvenil - @)

- 17.02.2017 - Prêmio Sesc de Literatura (#Brasil - Livros Inéditos / Contos e Romances - @)

- 18.02.2017 - IX Concurso de Poesias da Academia Vicentina de Letras(Poemas)

- 19.02.2017 - II Concurso de Contos Dirce Doroti Merlin Clève (# - Contos)

- 20.02.2017 - Concurso Leia Mulheres + Sweek Brasil (# - @)

- 20.02.2017 - Antologia "II Concurso Literário Sarau da Onça" (#Bahia - Contos e Poesias - @)

- 22.02.2017 - Prémio Literário Manuel Laranjeira ($)

- 24.02.2017 - Concurso do Plano Nacional de Leitura (#Portugal - Poemas)

- 28.02.2017 - Antologia - Prêmio VIP de Literatura (#Brasil - Contos e Poesias - @)

- 28.02.2017 - Prêmio Maria José Maldonado de Literatura (Contos e Poemas - @)

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

...antes de ontem, antes de amanhã, antes de hoje, antes de mim... depois! - Blogagem coletiva




Fevereiro

antes de ontem

pélago

antes de amanhã

charco

antes de hoje

cúmulus nimbus

antes de mim

pé-d'água

depois

lágrima

Sem carnaval

Joakim Antonio


antes de ontem, antes de amanhã, antes de hoje, antes de mim... depois! - Faz parte da blogagem coletiva proposta pela Editora Scenarium Plural - Livros Artesanais

Imagem: Time drop by Hartmut Lerch


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...